top of page

Posturas que a gestante deve evitar

Um corpo grávido sofre mudanças a todo instante durante toda a gestação. A geração de um bebê em seu ventre consome muito do corpo. Para cuidar bem da saúde nesse período é importante ter certos cuidados.


Quando se fala em Yoga, em geral, já se pensa em posturas. Então, vamos falar sobre as posturas que devemos evitar quando se está grávida. Muitas dessas posturas serão mais incômodas ou impossível de se estar de acordo com o crescimento do útero.


1) Pressão sobre o ventre

As posturas que levem o corpo de barriga ao chão podem pressionar o ventre. O que não é indicado pelo risco de impedir ou dificultar o transporte de oxigênio e nutrientes ao bebê e problemas vasculhares para a mãe. Esse risco aumenta conforme o crescimento do útero.


Posturas não indicadas:

Ex: Esfinge (Salamba Bhujangasana), Cobra (Bhujangasana), Cachorro olhando pra cima (Mukha Svanasana), Oito apoios (Ashtanga Namaskara).

Mukha Svanasana

Mesmo que a permanência da postura não leve o ventre totalmente apoiado ao chão, a transição dela, ou seja, o movimento para se entrar e sair da postura pode levar a pressionar o ventre contra o chão. Além disso, essas posturas normalmente são executadas com extensão de coluna, o que pode causar dor a algumas mamães pelo alongamento provocado na região frontal do abdômen.


2) Rotações de tronco

Torcer o tronco faz com que comprima os órgãos, consequentemente podendo comprimir o útero conforme o crescimento do mesmo. Da mesma maneira que ao executar as torções, pode ser que o ventre seja comprimido contra o chão ou a perna, tendo que diminuir o ângulo de rotação conforme o útero cresce. Pode também causar dores nos músculos abdominais pelo alongamento intenso provocado na postura.


Posturas não indicadas:

Ex: Meia torção sentada (Ardha Matsyendrasana), Torção lua crescente (Parivrtta Anjaneyasana), Gato puxando rabo, Torção coração derretido.


Gato puxando rabo
Torção coração derretido
Torção lua crescente
Meia torção sentada

3) Contração abdominal

Quando você informa ao profissional de educação física que está grávida, qual é o primeiro grupo de exercícios que ele diz ser contraindicado? As abdominais. O mesmo ocorre nas posturas de Yoga com as que levam isometria aos músculos do abdômen, ou seja, as ativações de contração muscular da barriga.


Ao contrair o abdômen levamos o umbigo para dentro comprimindo os órgãos e ativando a força da musculatura. Tais posturas podem proporcionar excesso de esforço físico que aumentam o risco de contrações intrauterinas e de parto prematuro. Logo, as posturas de parada de mãos também levam essa contração abdominal, ou seja, todas as posturas que tem como base de apoio os braços flexionados do Chaturanga.


Posturas não indicadas:

Ex: Bote (Navasana), Flexão (Chaturanga), Oito ângulos (Astavakrasana).


Flexão
Bote
Oito ângulos










4) Invertidas

De maneira geral, as invertidas são contraindicadas pelos seguintes riscos conforme o crescimento do útero.


a) Queda

b) Mudança do centro de gravidade do corpo e a percepção do equilíbrio.

c) Maior pressão dos órgãos sobre o diafragma, dificultando ou encurtando a respiração.

d) Aumento da pressão arterial.

e) Aumento da pressão sobre o estômago, podendo provocar refluxo.

f) Maior força muscular do abdômen e músculos intercostais para elevação das pernas.

g) Inversão do fluxo de energia Apana Vayu que naturalmente se apresenta no corpo pela presença do feto.


Posturas não indicadas:

Ex: Invertida sobre a cabeça, sobre as mãos, sobre os antebraços, com parada de mãos, sobre os ombros.
















Dentre todas as posturas não recomendadas durante a gestação, relatadas neste post, saiba que muitas dessas posturas têm variações. Assim, a gestante poderá ter os mesmos benefícios das posturas contraindicadas praticando as variações e adaptações das posturas.


Não sou contra a gestante praticar todas essas posturas não recomendadas aqui. Porque acredito que cada uma tem a sua própria relação com a gestação, conhece bem os seus próprios limites, sabe o que lhe faz bem, sabe o porquê de estar praticando cada postura e a sua própria relação com a prática do Yoga.

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page